Quinta-feira, 23/11/2017. Boa tarde. Seja Bem-vindo(a)!

Hino de Marcelino Ramos

No início do Século da Luz
Bem às margens de dois grandes rios,
Estás Tu ó grande Marcelino
Evocando no teu povo os seus brios.

És Cidade das Águas Termais,
Com paisagístico tapete natural
Tua beleza é incomparável
Como tu não existe nada igual.

Ó Marcelino, te saudamos!
És Cidade de Berço e Esplendor.
Ó Marcelino, te cantamos,
És Tu terra da paz e muito amor!

Iluminada por grande Mão Divida
Marcelino haverá de se tornar,
Como Seminário e o Estreito do Uruguai,
A turística Cidade sem par

A tua gente será sempre hospitaleira,
Te amamos muito, ó Terra querida,
Nossas raízes jamais te deixarão
E por ti até daremos nossa vida.

Ó Marcelino, te saudamos!
És Cidade de Berço e Esplendor.
Ó Marcelino, te cantamos,
És Tu terra da paz e muito amor!

O teu povo sempre há de ter
Essa Fé, Cultura e Tradição.
E por maior que sejas, Marcelino,
Caberás em nosso coração.

A tua gente será sempre hospitaleira
Te amamos muito, ó terra querida,
Nossas raízes jamais te deixarão
E por ti até daremos nossa vida.

Ó Marcelino, te saudamos!
És Cidade de Berço e Esplendor.
Ó Marcelino, te cantamos,
És Tu terra da paz e muito amor!

Ó Marcelino, te saudamos!
És Cidade de Berço e Esplendor.
Ó Marcelino, te cantamos,
És Tu terra da paz e muito amor!