Sexta-feira, 24/11/2017. Bom dia. Seja Bem-vindo(a)!



Notícias

Prefeitura Municipal e RGE realizam reunião com consumidores

05/02/2015

Na ultima quarta-feira(04/02) a Prefeitura Municipal de Marcelino Ramos realizou um encontro objetivando debater os freqüentes problemas  de energia elétrica que a população  do Município vem enfrentando.

A iniciativa de realizar uma reunião teve o apoio da Câmara Municipal de Vereadores e do Sindicato dos Trabalhadores  Rural sendo que na oportunidade estiveram representando a RGE os senhores Claudio Manica e Marcio Boa Vista.

O encontro foi mediado pelo  Prefeito Municipal Ayr Loss e contou também com a presença do Presidente do Legislativo, Aquilies Cesari, Secretários Municipais, Hélio Muller, Enio Wittmann e Luciano Valmórbida, Vereadores, agricultores, comerciantes e prestadores de serviço.

Aproximadamente 200 pessoas  participaram  do bate-papo que teve inicio as 14:00 horas e se estendeu por mais de 03 horas.

Na oportunidade  foram levantados os mais variados problemas e dificuldades  enfrentados pelos consumidores de energia elétrica.

"A energia é tão fraca na propriedade que  temos que optar por ligar  um chuveiro,  ou  um motor, pois os dois ao mesmo tempo  não funciona. Quando recebemos visita  já vamos avisando que pode faltar energia elétrica e temos que nos organizar bem para que todos possam tomar um banho", destacou a professora Lidia Becker, moradora da Linha Estreito.

A baixa tensão na rede elétrica  foi o problema  mais apontado pelos presentes.

"Na Linha Demarco em Coronel Teixeira, temos a rede trifásica  que abastece  inclusive  a bomba de um poço artesiano, mas é impossível ligar motores e bombear água ao mesmo tempo, pois não funciona e além do mais corremos o  risco de queimar motores", salientou o senhor Eugenio Vargas, morador da região de Coronel Teixeira.

Outro grande problema apresentado pelos presentes  diz respeito a manutenção dos postes, visto que  na maioria dos casos  os mesmos apresentam sérios problemas estruturais e não são substituídos, causando temor as famílias.

"Tem um poste próximo a minha residência  que está  com problemas, tanto que a própria equipe não quis  subir nele. Veio uma equipe  com o caminhão cesta  para fazer a manutenção porque o funcionário não quis subir. Mas  o poste pode ficar perto da minha casa correndo o risco de cair", informou o senhor Hélio Saquini de Linha São Roque.

Problema também relatado com relação a rede e poste  preocupa o senhor Carlos Weckverth da Comunidade de Linha Santo Antonio, "tem uma rede que passa por minha lavoura  que a anos não tem manutenção. Inclusive  temos que tomar cuidado na época de plantio e colheita  para o maquinário  não encostar na rede elétrica  e causar um acidente. Uma pessoa se esticar o braço pode facilmente encostar nos fios".

Outra angustia relatada pelos presentes diz respeito a demora no atendimento que na maioria dos casos supera as 04 horas solicitadas pela Empresa para resolver o problema.

"Na maioria dos casos  as equipes que  vem prestar o atendimento não buscam informações  com a pessoa que ligou reclamando da falta de energia, acabam  solucionando o problema da forma deles e acaba ficando tudo  pela metade. As equipes deveriam conversar mais  com os clientes pois isso faria com que os problemas fossem encontrados mais facilmente e resolvidos. Nós não podemos ficar  varias horas ou dias sem energia, isso nos traz muitos prejuízos", comentou José Dalmutt, proprietário de uma madeireira na comunidade de Suzana.

"Estamos  realizando grandes investimentos financeiros  aqui no Município e gerando muitos empregos, inclusive atuamos em outros municípios, e sinceramente  nunca enfrentamos tantas dificuldades  de energia  como aqui em marcelino Ramos. Já temos  solicitação de aumento de carga mas o projeto não anda", destacou o senhor Ivandro Luiz Borgmann, gerente da BB Indústria de Laticinios.

Varias pessoas também levantaram questões ligadas a dificuldade de receberem indenizações  por prejuízos causados  pela má qualidade ou falta de energia elétrica e muitos relatos a  desatenção com que as equipes de campo tratam os consumidores.

O representante da RGE Claudio Manica destacou que o encontro é importante pois possibilitara a Empresa o atendimento a curto prazo de problemas pontuais  como troca de transformadores e substituição de postes que causem perigo, além de a médio e longo prazo  serem implementadas   mudanças  que possam melhorar a qualidade dos serviços prestados.

Conforme Claudio no ano de 2014  forma investidos aproximadamente R$ 1 milhão em melhorias principalmente  na região de Coronel Teixeira, mas infelizmente outros problemas persistem nas demais comunidades. Destacou também que por Marcelino Ramos  ser considerado fim de linha  vários problemas  em outros municípios  geram transtornos para os Marcelinenses.  O representante da RGE apresentou números que mostram as variações climáticas, os reflorestamentos e arvores próximas a rede como grandes causadores das quedas de energia elétrica. Outro fator levantado foi a falta de  comunicação por parte dos consumidores  com relação ao aumento de  consumo nas propriedades, visto que a partir destas informações a Empresa também pode planejar melhorias e investimentos em determinadas áreas.

"Entendemos  que em algumas situações  fatores adversos como o clima podem estar causando problemas, mas não podemos  ficar a mercê destas condições. Necessitamos  que sejam implementadas melhorias com brevidade, pois  nosso município está sendo muito prejudicado e necessitamos de ações imediatas"comentou o Prefeito Municipal Ayr Loss.

Ao fim do encontro  foram levantados  os problemas  mais críticos e que podem ser solucionados a curto prazo e definidas outras ações como:

- Viabilizar a criação de uma equipe de funcionários para atender os problemas  de Marcelino Ramos, nos moldes do projeto implantado em Aratiba.

- Anunciado a construção de Subestação no município de Severiano de  Almeida que atenderá  parte do município de Marcelino Ramos.

- Prestar um melhor atendimento aos clientes  tanto no Call Center como por parte das equipes de campo.

- Realizar reuniões para acompanhar o andamento de projetos que solicitam aumento de carga de energia.

- Disponibilizar a população orientações mais claras quanto ao ressarcimento  de prejuízos causados  pela energia elétrica.

-Compromete-se também a empresa em agilizar  o atendimento diminuindo o tempo de atendimento.

"Estamos sempre a disposição dos consumidores, sabíamos de alguns problemas, agora vamos nos aprofundar mais  nas questões levantadas  e tentar resolver os problemas da melhor forma possível" finalizou Claudio Manica.

Até que as melhorias sejam implementadas a médio e longo prazo os consumidores apenas podem esperar e tentar de formas criativas  diminuir os prejuízos causados pelos problemas.

"Já tinha participado de uma reunião com a RGE em 2013 onde problemas parecidos  foram relatados e infelizmente  até agora pouca coisa foi feita daquilo que tinham prometido. Quase que não vim nesta reunião, mais meu vizinho me convenceu a vir. Vamos ver se desta vez alguma coisa será feita para melhor", comentou Claudemir Venturin de Linha Santa Bárbara.

Finalizando o encontro o Prefeito Ayr Loss colocou a Prefeitura a  disposição da Comunidade e novamente ressaltou a importância das medidas anunciadas  serem implementadas.